Coronavírus

Campanha convida os portugueses a participar numa corrida digital solidária 

"Somos ImpARáveis" pretende alertar para a importância de controlar a asma durante a pandemia

Saiba mais...

"Somos ImpARáveis" é o mote da campanha "Que a Asma não te Pare", lançada a propósito do Dia Mundial da Asma, que se assinala hoje, 5 de maio.

A campanha convida os portugueses a participar numa corrida digital solidária para demonstrar que a asma não deve representar uma limitação às tarefas diárias, mesmo durante a pandemia Covid-19.

A corrida digital solidária "Somos ImpARáveis" decorrerá até 10 de maio e consiste num desafio de sopro com o objetivo de pôr à prova as famílias portuguesas e ver qual o elemento que consegue soprar com mais força e chegar primeiro à meta.

Para isso basta construir uma pista simples e cada pessoa terá de soprar uma bola de ping-pong ou de papel através de uma palhinha (ou de um tubo de caneta) até à meta.

Por cada vídeo do desafio publicado nas redes sociais com a hashtag #queaasmanaotepare será doado 1€ ao Programa abem: Rede Solidária do Medicamento.

Em Portugal, a asma afeta cerca de 700 mil portugueses (6,8% da população) e cerca de 175 mil crianças e adolescentes (8,4% das crianças). Metade dos asmáticos portugueses não tem a doença controlada, representando 43% da população geral e 51% da população pediátrica.

No caso das crianças e adolescentes, o não controlo da doença conduz ao absentismo escolar e laboral por parte dos pais que têm de dar assistência aos filhos durante os episódios de agudização da asma, para além de afetar negativamente a qualidade de vida e autoestima dos mais novos.

Estudos recentes revelam ainda que nove em cada dez doentes com asma não controlada tem uma perceção errada do controlo da sua doença, o que pode impedir a procura de um tratamento adequado para estabilizar os sintomas.

Durante um surto pandémico, a importância de controlar a asma são ainda maiores porque uma das consequências do subtratamento são as agudizações graves da patologia, com necessidade de internamento. Esta campanha permite-nos sensibilizar os portugueses para essa realidade, ajudando-nos a prevenir a exacerbação da asma e as consequências que daí advêm.


Mais informações em Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica


  • "Quando estou com os avós sinto-me feliz"

    Desafios da Mente

    As investigações apontam que as crianças que têm avós envolvidos na prestação de cuidados podem ter melhores índices de saúde mental, como uma redução do risco de sintomas depressivos e de comportamentos desviantes, bem como melhor desenvolvimento cognitivo. Em Portugal, o Dia dos Avós celebra-se a 26 de julho. A data foi instituída pela Assembleia da República, em 2003.

    Mauro Paulino