Coronavírus

Covid-19: Reino Unido supera Itália e é o país europeu com mais mortes

WILL OLIVER

Ao contrário de muitos países europeus, o Reino Unido continua em confinamento.

Especial Coronavírus

O Reino Unido passou esta terça-feira a ser o país europeu com mais mortes por covid-19, com 29.427 óbitos no total, mais 693 do que na segunda-feira, informou o ministro dos Negócios Estrangeiros, Dominic Raab.

Com este balanço, o Reino Unido ultrapassou a Itália, que registou até esta terça-feira 29.315 óbitos.

Dados oficiais publicados esta terça-feira já sugeriam que o Reino Unido era o país europeu com maior número de mortos se forem somados os óbitos registados nas diferentes regiões do país de casos confirmados ou suspeitos de covid-19, o que os números divulgados pelo ministro confirmaram.

De acordo com a agência AFP, os relatórios semanais dos vários institutos de estatísticas do país referentes a abril resultam num saldo de 32.313 mortes.

Porém, o ministério da Saúde britânico criticou esta abordagem, alegando que a "extrapolação ou estimativas baseadas em dados passados arrisca ser extremamente enganosa".

Entretanto, o jornal The Times calculou esta terça-feira que o excesso de mortalidade, que inclui as mortes relacionadas com covid-19 e aqueles que aconteceram indiretamente por causa da crise, já poderá estar nos 55.700 óbitos.

O Reino Unido, que, ao contrário de muitos países europeus, continua em confinamento, iniciou esta terça-feira um projeto piloto na Ilha de Wight, na costa sul de Inglaterra, para testar uma aplicação para telemóvel que as autoridades esperam que ajude a controlar a propagação do coronavírus.

A aplicação alerta as pessoas se elas estiveram em contacto próximo com um indivíduo infectado.

O governo espera que possa ser lançada em todo o país ainda este mês, mas ainda é incerto quando pretende aliviar as medidas de distanciamento social.

De acordo com a comunicação social britânica, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, vai divulgar no domingo detalhes sobre como o país vai sair do confinamento em vigor desde 23 de março.

ACOMPANHE AQUI AO MINUTO TODA A INFORMAÇÃO SOBRE A COVID-19