Coronavírus

Bélgica regista um recuo no número de novos casos

OLIVIER HOSLET

Por outro lado, o número de vítimas mortais aumentou de acordo com o dia anterior.

Saiba mais...

A Bélgica registou nas últimas 24 horas um recuo do número de novos casos de Covid-19 para os 591, apresentando agora um total de 52.011 casos de contágio, segundo dados oficiais hoje publicados.

De acordo com o boletim epidemiológico de hoje, nas últimas 24 horas o número de novas contaminações pelo coronavírus recuou para 591, menos 48 do que os 639 de quinta-feira.

Por outro lado, nas últimas 24 horas foram registadas 107 mortes, uma subida face às 80 da véspera, com a Bélgica a totalizar agora 8.521 óbitos por Covid-19.

Segundo os dados de hoje, nas últimas 24 horas, foram hospitalizadas 108 pessoas (98 na quarta-feira), num total de 16.061, e 221 tiveram alta (244 na véspera), o que perfaz 13.201.

Segundo o boletim de hoje, o pico de mortes por Covid-19 aconteceu na semana de 6 a 12 de abril, ao fim de quatro semanas de confinamento na Bélgica, com o número máximo de 340 óbitos a ser registado no domingo 12 de abril.

Desde o início de março, foram feitos 302.392 testes em laboratórios.

A Bélgica está em sétimo lugar na lista de países da Europa com maior número de casos desde o primeiro registo - Espanha é o primeiro - e ocupa o quinto lugar em relação ao número de óbitos, sendo o Reino Unido seguido pela Itália os países com o maior número de mortes.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de Covid-19 já provocou cerca de 267 mil mortos e infetou mais de 3,8 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Cerca de 1,2 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.105 pessoas das 26.715 confirmadas como infetadas, e há 2.258 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

ACOMPANHE AQUI TODA A INFORMAÇÃO SOBRE A COVID-19

  • "Quando estou com os avós sinto-me feliz"

    Desafios da Mente

    As investigações apontam que as crianças que têm avós envolvidos na prestação de cuidados podem ter melhores índices de saúde mental, como uma redução do risco de sintomas depressivos e de comportamentos desviantes, bem como melhor desenvolvimento cognitivo. Em Portugal, o Dia dos Avós celebra-se a 26 de julho. A data foi instituída pela Assembleia da República, em 2003.

    Mauro Paulino