Coronavírus

Uma semana depois do início do desconfimento, ainda não é tempo para balanços

Uma semana depois do início do desconfimento, ainda não é tempo para balanços

"É tempo para continuar este caminho", diz o secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales.

Especial Coronavírus

O ponto de situação da Covid-19 em Portugal esta segunda-feira.

Esta semana chegam a Portugal mais de 3.5 milhões de máscaras. O Governo garante a estabilização das reservas, mas uma semana após o desconfinamento diz que ainda não é tempo de balanço.

Numa altura em que se está a preparar a reabertura das creches, a diretora-geral da Saúde dá alguns exemplos de como se podem reduzir riscos.

Portugal quer ainda saber se a doença deixa mazelas noutros órgãos, como está a ser reportado noutros países. Graça Freitas garante que o estudo será feito em Portugal, mas não pode ser já.

Mais 9 mortes por Covid-19 em Portugal nas últimas 24 horas

Portugal regista esta segunda-feira 1.144 mortes relacionadas com a Covid-19, mais 9 do que no domingo, e 2.7679 infetados (mais 98), segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje pela Direção Geral da Saúde (DGS).

Em comparação com os dados de domingo, em que se registavam 1.135 mortos, hoje constatou-se um aumento de óbitos de 0,7%.

O número de vítimas mortais foi o mesmo relativamente ao dia anterior.

Relativamente ao número de casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus, 2.7679, os dados da DGS revelam que há mais 98 casos do que no domingo (27.581), representando uma subida de 0,4%.

A região Norte é a que regista o maior número de mortos (651), seguida da região de Lisboa e Vale do Tejo (248), do Centro (216), do Algarve (14), dos Açores (14) e do Alentejo, que regista um caso, adianta o relatório da situação epidemiológica, com dados atualizados até às 24:00 de domingo, mantendo-se a Região Autónoma da Madeira sem registo de óbitos.

Em média são feitos 13 mil testes por dia à Covid-19 em Portugal

De acordo com a ministra da Saúde, "desde o dia 1 de abril e até ao dia 30, foi feita uma média de cerca de 11.500 por dia", número este passou para subiu para 13 mil diagnósticos diários entre 1 a 8 de maio.

No total foram realizados de 532 mil testes de diagnóstico à Covid-19 em Portugal desde o início do surto.

ESPECIAL CORONAVÍRUS