Coronavírus

Bolsonaro considera essencial a abertura dos ginásios

O Ministério da Saúde ficou surpreendido com a medida.

Especial Coronavírus

No Brasil, já morreram mais de 11 mil pessoas e há mais de 168 mil casos de infeção pelo novo coronavírus.

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, incluiu na segunda-feira ginásios e salões de beleza à lista de serviços essenciais para funcionarem no Brasil, uma decisão que surpreendeu o ministro da saúde.