Coronavírus

Ryanair anuncia retoma de 40% dos voos

ANDREW BOYERS

A medida está sujeita ao levantamento das restrições.

Especial Coronavírus

A Ryanair anunciou esta terça-feira que vai retomar 40% dos voos regulares a partir de 1 de julho deste ano. A companhia aérea irlandesa está a planear a programação de quase mil voos diários, cerca de 90% das rotas que operavam antes da crise provocada pela Covid-19.

A medida está sujeita ao levantamento das restrições de viagens impostas pelos governos da União Europeia e à aplicação de medidas de Saúde Pública nos Aeroportos.

A temperatura dos passageiros será controlada à entrada no terminal e será obrigatório o uso de máscara a bordo dos aviões.

Desde o início da restrições, em meados de março, que a Ryanair está a operar 30 voos diários entre a Irlanda, o Reino Unido e a Europa.