Coronavírus

Ministra da Saúde avisa que pode vir a ser necessário um “reconfinamento”

Marta Temido não exclui essa possibilidade e deixa um alerta.

Especial Coronavírus

A ministra da Saúde está a ser ouvida esta quarta-feira no Parlamento, onde admitiu que o país poderá ter de enfrentar um novo confinamento se a situação da pandemia assim o exigir. Marta Temido garante que, ainda assim, estão a ser feitos todos os possíveis para evitar esse cenário.

Durante a audição, a ministra garantiu ainda que o Serviço Nacional de Saúde está já a preparar-se para a possibilidade de haver uma segunda vaga da Covid-19 e que vai, entretanto, continuar a fazer o seu papel na recuperação da atividade que foi adiada.

A possibilidade de voltar a impor medidas mais restritivas já tinha sido admitida pelo primeiro-ministro, caso o contágio voltasse a aumentar.

Portugal encontra-se em situação de calamidade, depois de três períodos consecutivos em estado de emergência, desde 19 de março, devido à pandemia do novo coronavírus.

VEJA MAIS NO ESPECIAL NOVO CORONAVÍRUS