Coronavírus

Líder do CDS considera "extemporâneo e até insultuoso" discutir agora presidenciais

Líder do CDS considera "extemporâneo e até insultuoso" discutir agora presidenciais

Francisco Rodrigues dos Santos acredita que a polémica gerada foi um escape para desviar atenções.

Especial Coronavírus

Francisco Rodrigues dos Santos considera que a polémica em torno desta questão foi um escape que o primeiro-ministro criou para desviar as atenções das fraturas no próprio partido no Governo.

"Confesso que consideramos esta discussão absolutamente extemporânea e até insultuosa"