Coronavírus

Eurocidade Chaves-Verín pede abertura da fronteira

Rafael Cunha

Rafael Cunha

Repórter de Imagem

Autarca propõe que seja caso de estudo para perceber efeitos do desconfinamento.

Saiba mais...

O presidente da Câmara de Chaves pede que seja reposta a livre circulação na Eurocidade, que liga a cidade flaviense a Verín, Espanha.

A região propõe-se a ser um caso de estudo para que se percebam os efeitos do desconfinamento. E, se tudo correr bem, reduzir os impactos económicos da pandemia nos dois lados da fronteira.

Com o controlo apertado à circulação, a relação dos dois povos está suspensa. Apenas passam de um lado para o outro os trabalhadores transfronteiriços.

O cartão de eurocidadão seria a forma de fazer o controlo na fronteira. Devolvia-se alguma normalidade aos dois povos vizinho e voltavam-se a dinamizar as relações sociais e económicas.

Uma proposta que a Eurocidade pretende fazer chegar à União Europeia e, por cá, ao Ministério da Administração Interna, através de um manifesto.