Coronavírus

Obrigados a adiar o casamento, médico e enfermeira casam-se no hospital

twitter.com/GSTTnhs

Cerimónia decorreu no Hospital St Thomas, em Londres.

Especial Coronavírus

Forçados a adiar o casamento, que estava agendado para o mês de agosto, devido à pandemia, Jann Tipping, enfermeira de ambulância, de 34 anos, e o médico Annalan Navaratnam, de 30 anos, do Hospital St. Thomas, em Londres, decidiram antecipar a cerimónia e casar na capela do hospital.

twitter.com/GSTTnhs

Jann, da Irlanda do Norte, e Annalan, do Sri Lanka, pretendiam dar o nó enquanto "ainda estão saudáveis", uma vez que correm riscos de infeção todos os dias.

No entanto, não poderiam ter convidados na cerimónia devido às medidas preventivas impostas pelos Governos de vários países. Com as fronteiras encerradas, familiares e amigos estavam impossibilitados de viajar até Londres.

twitter.com/GSTTnhs

Mas isso não foi problema. Todos os convidados puderam assistir ao casamento através de vídeochamada, participaram virtualmente no brinde e tiveram ainda direito a dança e discurso dos noivos.

Jann Tipping fala de uma cerimónia "íntima" e "adorável", no entanto "surreal" por ter decorrido no local de trabalho.

Matt Hancock, secretário de Saúde do Governo Britânico, num comentário feito na rede social Twitter, considerou o momento "adorável".

Este foi o hospital onde Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido, esteve internado depois de ter contraído a Covid-19.

O Reino Unido é uma das nações mais afetadas pela pandemia. Até ao momento foram registadas 37.048 vítimas mortais e 265.277 casos de infeção.