Coronavírus

Ir ao futebol com distância de segurança? Na Hungria faz-se assim

Zsolt Czegledi

Primeira Liga húngara regressou no último fim de semana.

Especial Coronavírus

Cerca de três meses depois da suspensão do campeonato, a Primeira Liga de futebol da Hungria regressou no último fim de semana do mês de maio. No entanto, ao contrário do que acontece, por exemplo, na Alemanha e na Ucrânia, a Federação Húngara de Futebol (MLSZ) deu autorização para que os adeptos pudessem assistir aos jogos, desde que fossem cumpridas determinadas regras.

Foi o que aconteceu no jogo entre o Diosgyori VTK e o Mezokovesd Zsory FC, equipas que ocupam o quinto e terceiro lugares do campeonato respetivamente, em que foi obrigatório um espaçamento de três cadeiras entre os adeptos, de modo a garantir o distanciamento social.

É obrigatório o espaçamento de três cadeiras entre os adeptos.

É obrigatório o espaçamento de três cadeiras entre os adeptos.

Zsolt Czegledi

Contudo, a MLSZ acrescentou que os clubes, caso queiram, podem continuar a efetuar os jogos à porta fechada

O encontro entre as duas equipas acabou com a vitória do Diosgyori por 1-0 e teve 2.255 espectatores da equipa da casa nas bancadas, num estádio que tem capacidade para 15.325 pessoas.

Até ao momento, a Hungria contabilizou 3.921 casos de infeção pelo novo coronavírus e 532 vítimas mortais.