Coronavírus

Ex-ministro da Saúde brasileiro critica Governo por revelar dados parciais

Jair Bolsonaro diz que decisão serve para evitar inconsistências.

Especial Coronavírus

O Brasil deixou de divulgar o número total de mortes e de casos infetados com coronavírus e fornece, apenas, dados diários.

Mais uma decisão polémica do Governo de Jair Bolsonaro, criticada por peritos e opositores, que acusam o presidente de impor a "lei da rolha" e impedir o livre acesso, de todos, às estatísticas da Covid-19 no país.

Bolsonaro diz que é, apenas, para evitar inconsistências.

Veja também: