Coronavírus

Presidente do Burundi terá morrido com Covid-19

Como líder do país, em África, não só recusou impor restrições por causa do coronavírus como permitiu até a continuação de eventos desportivos e comícios políticos.

Especial Coronavírus

Um estudo apurou que a quarentena em seis dos países mais atingidos pela pandemia evitou cerca de 530 milhões de casos de infeção.

Os países africanos são dos mais preocupantes devido à debilidade dos sistemas de saúde.

No Burundi morreu o presidente, Pierre Nkurunziza, suspeito de estar infetado.