Coronavírus

França perdeu meio milhão de empregos no primeiro trimestre de 2020

Charles Platiau

Número de postos de trabalho perdidos em França entre janeiro e março foi quase exclusivamente no setor privado.

Especial Coronavírus

A França perdeu meio milhão de empregos no primeiro trimestre do ano, a maior redução trimestral pelo menos desde 1990, informou o Instituto Nacional de Estatística francês (INSEE).

No primeiro trimestre do ano, o país perdeu 502.400 empregos, passando o total de empregados a ser de 25.041.400 no final de março, o nível mais baixo desde o quarto trimestre de 2017, anunciou o INSEE.

O número de postos de trabalho assalariado perdidos em França entre janeiro e março foi quase exclusivamente no setor privado (497.400), segundo os dados oficiais.

O impacto da pandemia nos negócios de portugueses em França

Devido à pandemia do novo coronavírus, o desemprego não para de aumentar em todo o mundo. No caso de França, o Governo avisou agora que os próximos meses vão ser muito duros.

Entre a numerosa comunidade portuguesa no país, o impacto já se faz sentir, mas também há quem até tenha melhorado.