Coronavírus

Dois basquetebolistas dos Brooklyn Nets testaram positivo para Covid-19

DeAndre Jordan, jogador da equipa dos Brooklyn Nets, da NBA.

Matt Slocum

DeAndre Jordan já confirmou que não estará na retoma da competição, enquanto Spencer Dinwiddie não exclui essa possibilidade.

Especial Coronavírus

Os basquetebolistas norte-americanos DeAndre Jordan e Spencer Dinwiddie, dos Brooklyn Nets, testaram positivo à Covid-19, e o primeiro informou que falhará a retoma da época da Liga norte-americana de basquetebol (NBA), em 30 de julho, em Orlando.

"Descobri (domingo) à noite e confirmei na segunda-feira que testei positivo à Covid-19. Em consequência, não estarei em Orlando para a retoma da época", escreveu Jordan na sua conta na rede social Twitter.

O jogador, de 31 anos, tem uma média de 8,3 pontos e 10 ressaltos por jogo.

Já na segunda-feira, Spencer Dinwiddie também anunciou ter testado positivo, revelando à página Athletic ter sintomas como "febre e dor torácica", mas, ao contrário do seu companheiro de equipa, não exclui a possibilidade de estar no regresso da NBA.

"É difícil saber se poderei jogar", adiantou o jogador, de 27 anos, que respeitará uma quarentena de 14 dias e será, depois, reavaliado.

Além de Jordan e Dinwiddie, outros quatro jogadores dos Nets contraíram em meados de março o novo coronavírus, entre os quais Kevin Durant.


Na sexta-feira, a NBA informou existirem atualmente 16 de 302 jogadores da Liga com Covid-19, em relação aos testes efetuados na última terça-feira, mas sem avançar com a identidade dos atletas.

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 502 mil mortos e infetou mais de 10,20 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Os Estados Unidos são o país com mais mortos (126.123) e mais casos de infeção confirmados (mais de 2,58 milhões).

  • Uma Casa Cheia
    13:06