Coronavírus

Autoridades australianas admitem incapacidade para travar cadeias de contágio

Governo de Melbourne decretou confinamento obrigatório para as próximas seis semanas.

Especial Coronavírus

Com o número de novos casos de Covid-19 a aumentar exponencialmente na região de Melbourne, no sul da Austrália, o Governo local anunciou, esta terça-feira, que volta a estar em vigor o confinamento obrigatório durante as próximas seis semanas para os 5 milhões de habitantes da segunda maior cidade do país.

Só é permitida a saída para trabalhar, deslocações escolares, comprar bens essenciais, cuidar de familiares que precisem de assistência, ou fazer exercício.

Com cerca de 200 novas infeções por dias, as autoridades reconhecem que não estão a conseguir travar as cadeias de contágio.