Coronavírus

Bastonário da Ordem dos Médicos diz que há falta de meios para gerir pandemia

Bastonário da Ordem dos Médicos diz que há falta de meios para gerir pandemia

Miguel Guimarães alerta que a situação não pode continuar no inverno.

Especial Coronavírus

O bastonário da Ordem dos Médicos disse que a falta de meios é um dos motivos que justifica a dificuldade a gerir a pandemia provocada pelo novo coronavírus na área da Grande Lisboa.

Miguel Guimarães acredita que ainda há tempo e que POrtugal está preparado para enfrentar uma segunda vaga da Covid-19, mas alerta que a situação não pode continuar no inverno.

Nos últimos dias voltaram a surgir críticas ao Sistema de Notificação de Doenças e a Direção-Geral da Saúde desculpou-se com a complexidade do processo que envolve médicos, laboratórios e autoridades de saúde. Uma vez que nem todos notificam a tempo e horas, existem disparidades entre a realidade no terreno e no boletim oficial.

Portugal regista nove mortes e 287 casos nas últimas 24 horas

Portugal regista hoje mais nove óbitos por Covid-19, em relação a segunda-feira, e mais 287 casos de infeção confirmados, dos quais 207 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o boletim epidemiológico diário, o total de óbitos por Covid-19 desde o início da pandemia é agora de 1.629 e o total de casos confirmados é de 44.416.