Coronavírus

Covid-19: OMS reconhece que novo coronavírus pode manter-se ativo em gotículas suspensas no ar 

Uma decisão assumida após uma carta assinada por vários investigadores, entre eles portugueses, que demonstra esta evidência.

Especial Coronavírus

A Organização Mundial da Saúde reconhece a via aérea como um meio de transmissão do coronavírus.

Até agora estava descrita apenas a regra da transmissão por gotículas respiratórias, quer por contacto direto com pessoas infetadas quer a partir de superfícies com vírus.

A OMS já havia dito que o vírus que provoca a Covid-19 se espalha principalmente através de pequenas gotículas expelidas pelo nariz e boca de uma pessoa infetada com tendência a cair rapidamente sobre superfícies.

Agora, depois de um grupo de 239 especialistas apontar para provas de que o vírus pode manter-se ativo em gotículas suspensas no ar que infetam quem as respirar, a OMS admite esta possibilidade.

No entanto, há especilisatas que sublinham que esta forma de transmissão não é a mais vulgar, caso contrário o número de casos seria provavelmente muito supeiror.

AS RECOMENDAÇÕES

A Organização Mundial de Saúde salienta que ainda é preciso compreender o comportamento do vírus nessa forma de transmissão pelo ar e, por isso, sugere que se evitem espaços fechados com aglomeração de pessoas, recomendando "ventilação adequada" e o uso de máscara caso não seja possível essa ventilação.

ESPECIAL CORONAVÍRUS