Coronavírus

Alemanha regista 442 novos casos de Covid-19 e Governo apela ao uso de máscara

YVES HERMAN / POOL

Ministro da Saúde lembra que a máscara é a melhor forma, e a mais barata, de reduzir o risco de contágio.

Especial Coronavírus

A Alemanha tem um total de 197.783 casos de infeção pelo novo coronavírus registados desde o início da pandemia, mais 442 nas últimas 24 horas, e o Governo volta a reforçar a importância do uso de máscara.

O Instituto Robert Koch (RKI) anunciou hoje 12 novas vítimas mortais de covid-19, elevando o total para 9.048. Há agora mais 400 novos casos considerados curados em relação ao dia anterior, somando 183.600.

O ministro da Saúde, Jens Spahn, voltou a alertar para o perigo da ausência de máscaras de proteção, sublinhando que esta é a melhor forma, e a mais barata, de reduzir o risco de contágio.

O uso da máscara nem sempre é agradável, reconheceu, mas é um “mal menor” comparativamente a outras restrições, defendeu esta quarta-feira à noite num debate online.

Uma sondagem divulgada hoje revela que a maioria dos alemães (51%) acredita que as restrições e medidas de combate à pandemia de covid-19 estarão presentes no quotidiano pelo menos durante os próximos seis meses.

Um em cada quatro, segundo este estudo McKinsey, teme mesmo que a vida não regresse à normalidade antes de um período de um ano.

Portugal regista 1.631 mortes e 44.859 casos de Covid-19

Portugal regista esta quarta-feira mais dois óbitos por Covid-19, em relação a terça-feira, e mais 443 casos de infeção confirmados, dos quais 327 na região de Lisboa e Vale do Tejo segundo os dados da Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o boletim epidemiológico diário, o total de óbitos por Covid-19 desde o início da pandemia é agora de 1.631 e o total de casos confirmados é de 44.859.

Em termos percentuais, o aumento do número de óbitos foi de 0,12% (passou de 1.629 para 1.631) e o aumento do número de infetados foi de 0,99% (de 44.416 para 44.859).

Coronavírus matou mais de meio milhão de pessoas em todo o mundo

A pandemia do novo coronavírus já matou pelo menos 545.414 pessoas e infetou quase 12 milhões em todo o mundo desde dezembro, segundo balanço da agência AFP, às 19:00 TMG de esta quarta-feira, baseado em dados oficiais.

De acordo com os dados recolhidos pela agência noticiosa francesa, 11.906.470 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados em 196 países e territórios desde o início da epidemia, nos finais de dezembro passado, na cidade chinesa de Wuhan, dos quais pelo menos 6.295.700 agora são considerados curados.

Desde a contagem feita às 19:00 TMG de terça-feira, 5.523 novas mortes e 200.181 novos casos ocorreram em todo o mundo.

Países mais atingidos

Entre os países mais atingidos, a Bélgica continua a apresentar o maior número de mortes face à sua população, com 84 óbitos por cada 100.000 habitantes, seguido pelo Reino Unido (66), Espanha (61), Itália (58) e Suécia (54).

Os países com mais óbitos nas últimas 24 horas são o Brasil, com 1.254 novas mortes, os Estados Unidos (1.044) e o México (895).

  • Estados Unidos, com 131.857 mortes em 3.022.899 casos.
  • Brasil, com 66.741 óbitos em 1.668.589 casos
  • Reino Unido, com 44.517 mortes (286.979 casos),
  • Itália, com 34.914 mortes (242.149 casos)
  • México, com 32.014 mortos (268.008 casos).
  • China (sem os territórios de Hong Kong e Macau) com 83.572 casos (sete novos entre terça-feira e hoje), incluindo 4.634 mortes (0 novas) e 78.548 curas.

Links úteis

Mapa com os casos a nível global