Coronavírus

Economia no Porto Santo tem vivido dos turistas regionais 

Viagens a 10 euros para residentes tem levado muitos madeirenses ao Porto Santo.  

Especial Coronavírus

O verão no Porto Santo já arrancou devagar, mas as perspetivas são para melhorar com a chegada de mais turistas nacionais.

Todos os dias, o barco parte do Funchal com lotação quase completa e todos os dias desembarcam no Porto Santo perto de mil pessoas. A maioria fica apenas algumas horas, outros instalam-se nas casas de férias e é destes turistas que tem vivido a economia local.

O turismo na ilha é sazonal. O dinheiro que se faz no verão paga o ano inteiro e quem gere as empresas é cauteloso. Se o movimento nos restaurantes é aceitável, a taxa de ocupação nos hotéis está longe da era pré-covid-19.

As férias do Presidente da República, marcadas para agosto, podem ajudar a promover o Porto Santo, mas a chave do sucesso ainda está na contenção da pandemia do novo coronavírus.

Portugal com mais 13 mortes e 418 novos casos de Covid-19

A Direção-Geral da Saúde anunciou esta quinta-feira a existência de um total de 1.644 mortes e 45 277 casos de Covid-19 em Portugal desde o início da pandemia.

São mais 13 vítimas mortais e mais 418 novos casos de infeção nas últimas 24 horas.

Em termos percentuais, o aumento do número de óbitos foi de 0,8% (passou de 1.631 para 1.644) e o aumento do número de infetados foi de 0,9% (de 44.859 para 45.277).