Coronavírus

Alemanha regista mais de 240 novos casos diários de Covid-19

Wolfgang Rattay

E duas mortes nas últimas 24 horas.

Especial Coronavírus

A Alemanha identificou 249 novos casos de covid-19 e registou duas vítimas mortais nas últimas 24 horas, contabilizando um total de 201.823 infeções desde o início da pandemia, das quais 187.800 já consideradas curadas.

Segundo o Instituto Robert Koch (RKI), há, no entanto, dois, dos dezasseis estados federados alemães, que não enviaram dados relativos ao dia anterior.

Contabilizam-se, desde o início da pandemia de covid-19, um total de 9.086 óbitos, e os 187.800 casos considerados curados são hoje mais 300 do que no último registo.

A Baviera, com um total de 49.775 casos, 65 nas últimas 24 horas, e a Renânia do Norte-Vestefália, com 46.075 casos, mais 51 desde o dia anterior, são as regiões com mais infeções contabilizadas na Alemanha.

Precisamente na Renânia do Norte-Vestefália, são hoje reabertas as instalações da fábrica de carne que deu origem ao maior surto até agora verificado no país, com mais de 1.500 trabalhadores infetados e duas localidades confinadas.

De acordo com a Agência de Notícias da Alemanha (DPA), a Tönnies vai retomar a sua operação sob a supervisão das autoridades e apenas com trabalhadores de um turno.

Empresa constrói separações de acrílico e instala nova tecnologia para circulação de ar refrigerado

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 601 mil mortos e infetou mais de 14,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.689 pessoas das 48.636 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Maior aumento diário de casos de Covid-19 no mundo desde o início da pandemia