Coronavírus

Covid-19: Mais de 200 mil mortos na América Latina e Caraíbas

Amanda Perobelli

Especialistas acreditam que o Brasil possa enfrentar uma situação crítica em agosto.

Especial Coronavírus

A pandemia de covid-19 já matou mais de 200 mil pessoas na América Latina e Caraíbas, dos quais cerca de três quartos no Brasil e no México, de acordo com novo balanço da AFP hoje divulgado.

Com um total de 200.212 mortos (para 4.919.054 casos), a América Latina e as Caraíbas são a segunda região mais afetada pela pandemia do novo coronavírus, a seguir à Europa (210.435 mortos e 3.189.322 casos).

A nível mundial, foram registados 685.192 mortos (17.868.148 casos).

O Brasil, com 93.563 mortos, e o México, com 47.472, são os países da América Latina mais afetados pela pandemia, seguidos do Peru (19.408), Colômbia (10.330) e Chile (9.533).

Especialistas preveem situação crítica em agosto no Brasil

Os casos de Covid-19 continuam a aumentar no Brasil e, apesar de o número de mortes ter estabilizado, ainda há uma média de mil óbitos por dia.

Os especialistas dizem que o maior número de testes pode ser uma das explicações para o aumento de casos, mas o país ainda testa muito pouco em relação à média mundial.

As primeiras previsões eram de que pandemia no Brasil atingiria o pico no mês de abril. No entanto, com o avanço da doença pelos estados, os especialistas acreditam que o país possa enfrentar uma situação crítica em agosto.

O Brasil registou 1.088 mortes e 45.392 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com o Ministério da Saúde do país.

Desde que a pandemia provocada pelo novo coronavírus chegou ao maior país da América do Sul, em 26 de fevereiro, quando o primeiro caso foi notificado, o Brasil já registou 93.563 mortes e 2.707.877 infeções causadas pelo vírus.

O Governo brasileiro também atualizou o número de pessoas recuperadas da covid-19, que totalizam até hoje 1.865.729, enquanto os pacientes que ainda estão em acompanhamento são 748.585.

Mais de 20 mil mortos em São Paulo

Até este sábado, o estado brasileiro mais afetado pela doença, São Paulo, contabilizou um total de 23.236 óbitos e 552.318 casos confirmados de covid-19.

O Brasil é o segundo país mais atingido pela doença no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos em número de mortos (153.314) e de casos diagnosticados (4,5 milhões).

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 680 mil mortos e infetou mais de 17,6 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.