Coronavírus

Há 740 mil empréstimos com pagamento em suspenso. 70% das moratórias são de famílias

Esta suspensão passou a ser possível depois do Governo aprovar as moratórias.

Especial Coronavírus

Há mais de 740 mil empréstimos com as prestações supensas devido a dificuldades financeiras.

Esta suspensão passou a ser possível depois do Governo aprovar as moratórias. Mecanismo que está a ser usado sobretudo por famílias, mas também por algumas empresas.

Beneficiam da moratória de seis meses concedida pelo Governo, que transfere o pagamento dessas prestações para o final dos empréstimos.

A meio de junho, os bancos e instituições de crédito especializado já tinham adiado o pagamento de mais de três mil milhões de euros.

Os números agora divulgados pelo Banco de Portugal não revelam o valor total do crédito que está suspenso para ser pago mais tarde.

Veja também: