Coronavírus

Meses de verão é altura de maior procura, mas termas de Chaves registaram quebra de 50%

Depois de três meses fechadas devido à pandemia, as termas tentam agora recuperar o negócio.

Especial Coronavírus

É no verão que as termas registam maior afluência. São sobretudo casais de idosos, que fazem tratamentos para passarem melhor o ano. Mas a pandemia deixou muitos por casa.

Quem continua a ir diz que se sente seguro, com controlo logo à entrada, máscaras, desinfeção permanente e a distância social.

Ainda são alguns que resistem e dão prioridade à rotina anual que lhes garante um inverno com mais resistências.