Coronavírus

Especialistas suspeitam que crianças com Covid-19 possam contrair diabetes tipo 1

Athit Perawongmetha / Reuters

Relação entre o novo coronavírus e a diabetes está a ser investigada no Reino Unido.

Especial Coronavírus

Entre 23 de março e 4 junho, cerca de 30 crianças de cinco unidades pediátricas do Reino Unido foram diagnosticadas com diabetes tipo 1, revela um estudo. De acordo com cientistas do Imperial College London, este número é duas vezes superior ao registado em anos anteriores.

Destas crianças, cinco testaram positivo para o novo coronavírus e isso fez com que soassem os alarmes, levando os cientistas a criarem uma ligação entre a Covid-19 e a diabetes tipo 1. No entanto, avisaram que os números poderiam ter sido subestimados porque nove crianças não chegaram a fazer o teste da Covid-19.

Médicos do Imperial College Healthcare NHS Trust quiseram descobrir se realmente havia uma ligação entre a Covid-19 e a diabetes tipo 1 em crianças e para isso juntaram-se aos cientistas do Imperial College London para investigarem.

“A nossa análise mostra que durante o pico da pandemia, o número de novos casos de diabetes tipo 1 em crianças foi anormalmente alto, em comparação com anos anteriores, em dois hospitais de Londres”, conta a Dr.ª Karen Logan, co-autora do estudo ao Daily Mail.

E sublinha: “Quando investigámos de uma forma mais profunda, descobrimos que algumas destas crianças tinham o coronavírus ativo ou já tinham sido expostas ao vírus”.

Médicos e cientistas recolheram análises de crianças que estiveram em cinco unidades pediátricas de internamento em Londres.

Das 30 crianças diagnosticas com diabetes tipo 1, 21 foram testadas à Covid-19 porque apresentavam sintomas como febre ou tosse. Dois deram positivo. As restantes crianças fizeram o teste anticorpos que deu positivo para três delas.

Apesar dos dados apresentados, os cientistas são os primeiros a dizer que são precisos mais testes antes de se chegar à conclusão de que há de facto uma relação entre as duas doenças nas crianças.

No Reino Unido, a diabetes tipo 1 afeta cerca de 314.000 pessoas. A doença surge quando o sistema imunológico destrói as células produtoras de insulina.

Os investigadores do Imperial College London sugerem mesmo que o novo coronavírus pode atacar de forma direta as células do pâncreas, importantes na produção de insulina.

No ano passado, a Direção-Geral da Saaúde apresentou um manual de apoio sobre crianças e jovens com diabetes tipo 1.

  • 15:42