Coronavírus

Homem morre de Covid-19 e família descobre 50 dias depois

Leo Correa

Paulo César Oliveira estava internado desde 25 de junho no Hospital Municipal Salgado Filho, na zona norte do Rio de Janeiro.

Especial Coronavírus

Paulo César Oliveira, de 53 anos, morreu de Covid-19 no dia 1 de julho, segundo a informação prestada pelo hospital onde estava internado. Mas a família apenas descobriu, por acaso, 50 dias depois.

A filha, Tainara Santos, contou à CNN que soube da morte do pai no dia em que levou o irmão ao hospital. Quando perguntou aos enfermeiros sobre a situação clínica, foi informada de que Paulo César morrera há quase dois meses.

"O enfermeiro mostrou-me um caderno em que estava o nome do meu pai e dizia a data da morte e do enterro", disse Tainara à CNN.


A filha de Paulo César garante que ninguém a informou da morte do pai, mas a versão do hospital é bem diferente.

A diretora do hospital, Carla Cantisano, assegura que todos os protocolos foram seguidos e que havia apenas um registo de procura pelo paciente. Além disso, garante que houve várias tentativas de contacto, mas sempre sem sucesso.

"O telefone que fazia parte da ficha de paciente nunca atendeu as chamadas. O protocolo diz, por se tratar de uma morte, que o passo seguinte é enviar um telegrama, porém não foi possível ser entregue por diversas vezes", explica Carla Cantisano à CNN.

Em relação ao enterro, a diretora do hospital diz haver um prazo legal que tem de ser cumprido.

  • 21:07