Coronavírus

Surto em Vila do Conde: 15 casos positivos obrigam 5 barcos a parar 

Nacho Doce

90 pescadores cumprem quarentena e estão impedidos de trabalhar.

Especial Coronavírus

O número de infetados na comunidade piscatória de Vila do Conde subiu este sábado para 15, mais cinco novos casos de Covid-19 em relação ao último balanço, feito na sexta-feira.

Os novos infetados não se tratam de pescados, mas de pessoas ligadas aos barcos, que trabalham em terra.

Ao todo, 90 pescadores cumprem quarentena e estão impedidos de trabalhar.

A Associação Pró - Maior Segurança dos Homens do Mar quer que a autoridade de saúde trace um plano de contingência específico para os pescadores, a fim de evitar males maiores na comunidade. Entende ainda que é preciso realizar testes a todos os pescadores e familiares, nos meses de setembro e outubro.

A Câmara de Vila do Conde já anunciou que vai disponibilizar instalações para os pescadores da cidade que precisem de ficar em quarentena.

Portugal regista mais 2 mortes e 241 novos casos de Covid-19

Portugal regista mais duas mortes por covid-19 e 241 novos casos confirmados de infeção nas últimas 24 horas, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), divulgado este sábado.

De acordo com o boletim da DGS, desde o início da pandemia até hoje registaram-se 55.452 casos de infeção confirmados e 1.794 mortes.

Lisboa e Vale do Tejo foi a única região do país a registar óbitos por covid-19 nas últimas 24 horas, com duas mortes.