Coronavírus

Cerca de 50 pessoas vão ser despedidas do Santuário de Fátima

PAULO NOVAIS

"Cancelamento massivo" de viagens de peregrinos e atividades turísticas tiveram impacto financeiro.

Especial Coronavírus

Cerca de 50 pessoas vão ser despedidas do Santuário de Fátima, devido a uma queda nas receitas provocada pela pandemia da Covid-19.

Em declarações à TSF, Carmo Rodeia, porta-voz do Santuário de Fátima, admitiu que o "cancelamento massivo de viagens de grupos de peregrinação e da atividade turística" resultaram num "impacto bastante grande na gestão económica e financeira" da instituição.

Carmo Rodeia assegurou que estes despedimentos se devem a um "processo de reestruturação interna" que tem como objetivo reduzir "os custos fixos".