Coronavírus

Detetado surto de Covid-19 na Maternidade Alfredo da Costa

(Lusa/Arquivo)

MIGUEL A. LOPES

Casos são todos de profissionais de saúde.

Especial Coronavírus

A ministra da Saúde anunciou esta quarta-feira a existência de um novo foco de Covid-19, na Maternidade Alfredo da Costa em Lisboa. Há cinco casos registados, dois são enfermeiros e três são assistentes operacionais.

A informação foi avançada por Marta Temido durante a habitual conferência de imprensa. A ministra afirmou que o surto "está em investigação” e que estão a ser tomadas todas as medidas habituais de controlo da infeção, tendo já sido realizados os testes de rastreio.

Seis meses de pandemia

Assinalam-se esta quarta-feira seis meses desde que foram diagnosticados os primeiros dois casos de Covid-19 em Portugal. A ministra da Saúde refere que o país está agora mais bem preparado do que em março.

Portugal regista hoje mais três mortos e 390 novos casos de infeção por covid-19, em relação a terça-feira. De acordo com o boletim da DGS, desde o início da pandemia registam-se 58.633 casos de infeção confirmados e 1.827 mortes.

A taxa de incidência a sete dias é agora de 22,9 novos casos por 100.000 habitantes e a 14 dias é de 38,2 novos casos por 100.000 habitantes, taxas que registam "uma tendência crescente", assumiu Marta Temido.

Também o índice de transmissibilidade apurado entre 24 e 28 de agosto registou "uma tendência ligeiramente crescente". Este índice tem estado acima de 1 é agora de 1,16, disse.

Oitenta e seis surtos no Norte concentram atenção das autoridades

Há 177 surtos ativos de covid-19, 86 dos quais no Norte. Marta Temido refere que a "maior atenção" incide agora nesta região.

Os restantes surtos dividem-se da seguinte forma: nove no centro, 61 na Região de Lisboa e Vale do Tejo, nove no Alentejo e 12 no Algarve.