Coronavírus

Estima-se que 100 mihões de euros ficaram por gastar na mão de obra nos festivais de verão

Atividade gerou dois mil milhões de euros em 2019.

Especial Coronavírus

Este ano, dezenas de festivais de música acabaram por ser cancelados ou adiados. Sabe-se agora que o impacto é superior a 1.600 milhões de euros.

A Aporfest estima que 100 mihões de euros ficaram por gastar na contratação de mão de obra e empresas de restauração, promoção de eventos, alojamentos e audiovisuais, que admitem ter despedido 20% dos trabalhadores.