Coronavírus

Bolsonaro reforça que ninguém é obrigado a tomar a vacina para a covid-19

Governador de São Paulo discorda do Presidente e diz ser mais um mau exemplo da atuação durante a pandemia.

Especial Coronavírus

Bolsonaro voltou a dizer que as vacinas para a covid-19 não são obrigatórias.

As declarações foram alvo de críticas, algumas vieram do governador de São Paulo, João Doria. O político de centro-direita e um dos possíveis rivais de Bolsonaro nas próximas presidenciais voltou, agora, a atacar as atitudes do presidente brasileiro na crise sanitária.

As declarações do Presidente brasileiro acontecem numa altura em que o Brasil avança com testes para vacinas contra o coronavírus.