Coronavírus

"Historicamente, não há nenhuma grande pandemia em que não haja divisão"

Autor do livro "Contágios - 2500 Anos de Pestes" em entrevista na SIC Notícias.

Saiba mais...

Jaime Nogueira Pinto, professor universitário, esteve esta segunda-feira na Edição da Noite da SIC Notícias a falar sobre a sua obra mais recente, escrita durante a pandemia, "Contágios - 2500 Anos de Pestes".

Segundo o autor, em todas as pandemias há, de início, duas atitudes: uma apocalíptica, de pessoas que acham que o mundo vai acabar, e a dos que dizem que não é nada e que tudo vai passar.

Para Jaime Nogueira Pinto, os políticos refugiam-se muito no parecer dos técnicos e virologistas. Porém, afirma que as comunidades científicas também estão altamente divididas, argumentando que não há nenhuma grande pandemia em que não haja divisão. Lembra, inclusive que, no caso da SIDA, cientistas importantes nos EUA defenderam que o HIV não tinha nada a ver com o consumo de drogas e um desses cientistas era prémio Nobel.

  • O exemplo inglês 

    Opinião

    Na década de oitenta, as tragédias de Heysel Park primeiro e de Hillsborough depois, atiraram a credibilidade do futebol inglês para a sarjeta.

    Duarte Gomes