Coronavírus

Regresso às escolas. CDS deixa críticas ao Governo 

Líder do partido fala em "fracasso clamoroso". 

Especial Coronavírus

O líder do CDS considerou esta segunda-feira que o Governo "está a falhar e a atuar tarde e a más horas" na preparação do regresso às aulas porque muitas famílias portuguesas estão inseguras.

Francisco Rodrigues dos Santos disse que colocou várias questões ao Executivo sobre o arranque do ano letivo, mas que há quatro que continuam sem resposta: sobre os doentes de risco, os alunos com necessidades educativas especiais, o transporte escolar e a necessária aposta em novas tecnologias para ensino à distância.

Rui Rio: "Não sei se estamos a tempo de abrir o ano letivo em todas as escolas"

O presidente do PSD visitou na manhã desta segunda-feira a Escola Afonso Sanches e concluiu que está pronta para o arranque das aulas. Mas considera que apenas está preparada porque não ficou à espera de orientações do Governo.

Para Rui Rio "é evidente que o Governo se atrasou", "mas se as escolas avançaram" tal como a que visitou esta segunda-feira, acredita que provavelmente estarão preparadas.

"Não sei se estamos a tempo de abrir o ano letivo em todas as escolas, mas aquelas escolas que se precaveram (...) estão. E eu penso que a maioria dos agrupamento estejam em condições de fazer isso porque se anteciparam, e bem, ao Governo."