Coronavírus

PCP considera essencial o regresso ao ensino presencial

Partido recusa que escolas sejam fonte de contágio.

Especial Coronavírus

O PCP considera absolutamente essencial o regresso ao ensino presencial, mas exige a contratação de mais pessoal auxiliar.

Numa conferência de Imprensa, esta quinta-feira de manhã, o partido comunista disse que se houver funcionários para garantir a higienização e o cumprimento das regras, as escolas não serão uma fonte de contágio.

PCP considera essencial contratar mais funcionários para "garantir segurança nas escolas"

O PCP considera que é "preciso regressar ao ensino presencial", no entanto o partido alerta que é necessário "garantir a segurança nas escolas".

Desde modo o partido alerta para a necessidade da contratação de mais funcionários, para que sejam cumpridas as medidas para evitar a propagação do vírus. Assim as escolas não serão uma fonte de contágio.

Veja também: