Coronavírus

Covid-19. 88 militares portugueses infetados na República Centro-Africana

(Reuters/arquivo)

Estão bem e "apresentam bom prognóstico".

Especial Coronavírus

Há 88 militares portugueses em missão na República Centro-Africana infetados com o coronavírus, informou esta segunda-feira em comunicado o Estado Maior-General das Forças Armadas.

Ao que a SIC apurou, a maior parte são paraquedistas e estão na base militar de Bangui, a capital do país. Alguns apresentam sintomas da doença, mas ligeiros.

Estão todos em isolamento, a ser acompanhados por médicos das Forças Armadas, e vão continuar na República Centro-Africana.

Os restantes 92 militares que integram a missão já foram testados e deram negativo.

Militares portugueses estão na RCA há cerca de três anos

O contingente português em Bangui integra 180 militares, 177 pertencentes ao Exército e três da Força Aérea, na sua maioria paraquedistas. Portugal está presente na República Centro-Africana desde o início de 2017, no quadro da MINUSCA.