Coronavírus

França e Áustria confirmam segunda vaga de covid-19

OMS antevê aumento do número de mortes em outubro.

Especial Coronavírus

Em França e na Áustria está confirmada uma segunda vaga da covid-19 e os países aplicaram novas restrições.

No Reino Unido, o regresso às aulas coincide com novas medidas sanitárias em vários países europeus.

A OMS prevê um outono mais duro com o aumento de mortes provocadas pela pandemia no continente europeu.

Covid-19: OMS espera aumento de mortes na Europa em outubro e novembro

A Organização Mundial da Saúde (OMS) espera um aumento no número de mortes por Covid-19 na Europa durante os meses de outubro e novembro, que serão "mais duros" por causa da pandemia, revelou o diretor regional da organização para a Europa.

"Vai ficar mais difícil. Em outubro e novembro veremos uma mortalidade maior", disse Hans Kluge em entrevista à Agência France Prece (AFP), quando o número de casos registados disparou no velho continente, mas com um número de mortos diário quase estável.

Crescimento está relacionado com o aumento exponencial de casos

Segundo a OMS, o aumento do número de mortes diários deve-se ao crescimento dos casos em função da retomada da epidemia na Europa.

"Estamos numa altura em que os países não querem ouvir este tipo de más notícias, e eu compreendo", disse o diretor regional da OMS para a Europa, que, no entanto, quis enviar "a mensagem positiva" de que a pandemia "vai parar, num momento ou noutro".

A OMS Europa reúne hoje e na terça-feira os seus cinquenta Estados-membros para discutir a resposta à pandemia e acordar uma estratégia de cinco anos.