Coronavírus

IATA quer testes rápidos à covid-19 a passageiros antes de voarem

David Alves

David Alves

Editor de Imagem

Medida pretende substituir quarentena.

Especial Coronavírus

A Associação Internacional de Transporte Aéreo quer que a imposição de quarentena seja substituída por testes rápidos à covid-19 aos passageiros, antes dos voos. Para a IATA, esta é uma das formas de recuperar os prejuízos.

Um inquérito realizado pela Associação nos últimos dias de agosto a quase 5.000 pessoas em todo o mundo, revela que a medida foi bem recebida por mais de 80% dos inquiridos.

Neste momento, e por causa da pandemia, os passageiros são obrigados a viajar com máscara, bem como a circular com ela dentro dos aeroportos.

O preenchimento de formulários para rastreamento de contactos é outra das medidas em vigor para evitar os contágios por covid-19.