Coronavírus

Reabertura do espaço aéreo de Angola permite ligações quase diárias entre Lisboa e Luanda

TAAG Linhas Aéreas de Angola.

Rafael Marchante

Passageiros só são autorizados a embarcar com um teste de despistagem à covid-19.

Especial Coronavírus

A reabertura do espaço aéreo de Angola, a 21 de setembro, vai permitir ligações quase diárias entre Lisboa e Luanda com as transportadoras portuguesa, TAP, e angolana, TAAG, a voarem três vezes por semana, em dias alternados.

De acordo com a informação veiculada pelo Consulado de Portugal em Luanda, os voos da TAP deverão realizar-se todas as segundas-feiras, quartas-feiras e sextas-feiras, com saídas de Luanda às 23:20 e chegada a Lisboa às 07:10. No sentido inverso, as partidas acontecem às 13:55 de Lisboa, com chegada às 21:30 a Luanda.

A TAAG prevê voar aos domingos, terças-feiras e quintas-feiras. Os aviões saem às 11:30 de Luanda e aterram em Lisboa às 19:00, partindo da capital portuguesa às 21:00 para chegar à capital angolana às 04:30 do dia seguinte.

Os passageiros só são autorizados a embarcar em qualquer um destes pontos de saída ou de destino com um teste de despistagem à covid-19 (RT-PCR) com resultado negativo realizado até 72 horas antes.

A entrada em território angolano deixou de carecer de qualquer autorização, sendo necessário cumprir um período de quarentena de, pelo menos, sete dias.

Angola regista 155 mortos e 4.236 casos da covid-19.