Coronavírus

Cruzeiro aporta em Atenas após terem sido detetados contágios de Covid-19 a bordo

Petros Giannakouris/ AP

O cruzeiro Mein Schiff 6 foi o primeiro a navegar na Grécia após o confinamento.

Especial Coronavírus

O primeiro navio de cruzeiro a navegar na Grécia depois do confinamento aportou esta terça-feira no porto de Pireu, Atenas, após terem sido detetadas mais de dez pessoas com Covid-19, noticia a agência grega ANA.

O cruzeiro Mein Schiff 6, com pavilhão de Malta, é operado pela empresa de turismo alemã TUI e transporta 922 passageiros e 666 tripulantes.

Nenhum dos ocupantes do navio está autorizado a abandonar o cruzeiro, mas os especialistas do Ministério da Saúde gregos estão a bordo a proceder a exames médicos.

"Uma dúzia de elementos da tripulação" estão contagiados após terem sido submetidos a testes médicos de despistagem (PCR) efetuados na segunda-feira por elementos da guarda costeira da Grécia que estiveram a bordo.

De acordo com a empresa de turismo TUI, são casos assintomáticos sendo que a imprensa grega refere esta manhã que os testes efetuados à tripulação deram resultados negativos.

Os passageiros foram diagnosticados como estando de boa saúde antes do embarque após terem sido submetidos a testes de despistagem obrigatórios.

Petros Giannakouris/ AP

O cruzeiro é o primeiro navio de turismo de grande porte a regressar à costa grega depois do confinamento em março.

O navio zarpou no domingo do porto grego de Heraklion, em Creta, em direção a Atenas.

Os casos de Covid-19 foram detetados quando o navio se encontrava ao largo da ilha de Milos, na segunda-feira.