Coronavírus

Estudo conclui que pais mudaram de opinião sobre os professores depois do confinamento

Encarregados de educação começaram a valorizar mais o papel dos professores.

Especial Coronavírus

Os pais mudaram de opinião sobre o trabalho dos professores. Com o confinamento começaram a valorizar mais o trabalho dos docentes. Esta é uma das principais conclusões de um estudo que reuniu mais de 23 mil respostas de encarregados de educação.

O estudo, realizado pela Escola Amiga da Criança em parceria com a Universidade Católica do Porto, tinha como objetivo apurar a percepção dos encarregados de educação sobre o papel da escola, do professor e do aluno durante o confinamento.

Em 5 valores, os pais deram uma nota de 4,5 ao trabalho dos professores. De acordo com o estudo, durante o confinamento a maioria dos pais perceberam que os filhos não são tão autónomos quanto julgavam.