Coronavírus

Covid-19. O que se passa no mundo?

Os cientistas australianos estão a testar a durabilidade do vírus.

Especial Coronavírus

Um estudo, da agência oficial australiana de ciência concluiu que o coronavírus sobrevive, em algumas superfícies e materiais como o plástico, o dinheiro e o vidro, até 28 dias. Mas os cientistas dizem que não sabem o que acontece fora dos laboratórios, onde a temperatura e a exposição solar, podem alterar a durabilidade do vírus.

Entretanto, e quando já há quase 38 milhões de pessoas infetadas em todo o mundo, e mais de um milhão de mortos, a China, que tem conseguido manter a pandemia sob controlo, anunciou que vai testar uma cidade inteira no leste do país.

Depois de várias semanas sem novas cadeias de transmissão local, as autoridades de Pequim registaram uma dezena de casos num hospital em Qingdao, uma metrópole nas margens do Mar Amarelo, e vão testar os nove milhões de habitantes em apenas cinco dias.

A Índia, com uma média de 70 mil novos positivos todos os dias, está perto de ultrapassar os Estados Unidos e passar a liderar as estatísticas da covid-19.

O Irão, que já ultrapassou o meio milhão de infetados, decidiu aplicar multas pesadas a quem se recusar a acatar as ordens de confinamento ou não usar máscara em todos os locais públicos.

Na Coreia do Norte, o líder supremo, Kim Jong-un, garante que não há um único caso de coronavírus.