Coronavírus

Covid-19. Dois comissários da UE em isolamento após contacto com infetados

JEAN-CHRISTOPHE VERHAEGEN / POOL

Em causa estão Josep Borrell e Janez Lenarcic.

Especial Coronavírus

O chefe da diplomacia da União Europeia (UE), Josep Borrell e o comissário para a ajuda humanitária, Janez Lenarcic, anunciaram esta terça-feira que estão em quarentena após terem contactado com pessoas que testaram positivo ao novo coronavírus.

"Fui informado esta tarde que um membro da delegação que viajava comigo e Janez Lenarcic, na Etiópia, na semana passada, testou positivo à covid-19", explicou Josep Borrell, de 73 anos, através de uma mensagem na rede social Twitter.

"Tive um teste negativo quando voltei no domingo. Estou isolado de acordo com as normas e vou esperar para fazer um segundo teste", acrescentou, citado pela agência AFP.

Também o esloveno Janez Lenarcic, de 52 anos, anunciou através do Twitter que tinha sido informado que um membro da sua equipa, que não viajou para a Etiópia, teve um teste positivo à covid-19 e que se encontra em isolamento.

"Não tenho sintomas e sinto-me bem. Os membros da minha equipa que viajaram para a Etiópia e eu fizemos o teste antes da visita e depois do regresso a Bruxelas, todos sempre negativos", sublinhou ainda.

Os protocolos de saúde na Bélgica preveem uma quarentena de sete dias a partir do último contacto com a pessoa infetada.

Até o momento, apenas um dos 27 membros do executivo de Bruxelas, a comissária búlgara Mariya Gabriel, deu positivo para o novo coronavírus.

A Comissão Europeia está sediada em Bruxelas, uma das capitais europeias mais atingidas pela pandemia, juntamente com Madrid e Paris.

Pandemia já fez mais de um milhão de mortos

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e oitenta e um mil mortos e mais de 37,8 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Na Europa, o maior número de vítimas mortais regista-se no Reino Unido (43.018 mortos, mais de 634 mil casos), seguindo-se Itália (36.246 mortos, mais de 365 mil casos), Espanha (33.204 mortos, mais de 896 mil casos) e França (32.933 mortos, mais de 756 mil casos).

Portugal contabiliza 2.110 mortos em 89.121 casos de infeção.

  • 0:57