Coronavírus

Aumento dos casos diários de covid-19. "Estamos numa altura de plena rampa de lançamento" 

A análise de Óscar Felgueiras, investigador da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, aos números do novo coronavírus em Portugal.  

Especial Coronavírus

Óscar Felgueiras, investigador da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, esteve esta quarta-feira na Edição da Tarde, da SIC Notícias, para analisar os números da covid-19 em Portugal.

Para o investigador, o aumento dos casos diários de covid-19 não é "uma surpresa" e era "previsível" esta semana ultrapassar as duas mil infeções por dia. Ainda assim, não acredita que os casos diários cheguem aos três mil já esta semana, como afirmou esta quarta-feira a ministra da saúde.

Óscar Felgueiras diz que o "problema principal" agora é que, ao contrário do pico de abril em que havia uma "certa estabilização", "estamos numa altura de plena rampa de lançamento".

O investigador defende que, apesar de não ser o único fator, o comportamento das pessoas é das principais causas para este aumento.

"A única coisa que pode alterar esta progressão é a alteração de comportamentos"

Esta quarta-feira, na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificados mais 802 novos casos de infeção e o Norte regista hoje mais 1001 novos casos de covid-19.

Óscar Felgueiras fala no "crescimento explosivo" no Norte, que não mostra sinais de abrandamento, e que em Lisboa e Vale do Tejo está a dar sinais de aumento, apesar do abrandamento dos últimos tempos.

PORTUGAL REGISTA MAIS 7 MORTES E 2.072 NOVOS CASOS DE COVID-19

Portugal contabiliza esta quarta-feira mais 7 mortos relacionados com a Covid-19 e 2.072 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 2.117 mortes e 91.193 casos de infeção, estando ativos 34.583 casos, mais 1.619 do que na terça-feira.

GOVERNO ATIVA ESTADO DE CALAMIDADE EM TODO O PAÍS

O Conselho de Ministros decidiu esta quarta-feira elevar o nível de alerta em todo o território para estado de calamidade. Numa comunicação ao país, o primeiro-ministro classificou a evolução da pandemia no país como “grave”.

A partir das 24h00 de hoje entram em vigor uma série de novas medidas para controlar a propagação da pandemia. São elas:

  • Proibição de ajuntamentos na via pública de mais de 5 pessoas. Limitação aplica-se também a espaços comerciais e de restauração.

  • Limitação a máximo de 50 pessoas em eventos de natureza familiar como casamentos e batizados.

  • Proibidos festejos académicos e atividades de caráter não letivo.

  • Reforço das ações de fiscalização das forças de segurança e ASAE.
  • Agravamento até 10 mil euros das coimas às pessoas coletivas que não cumpram regras de lotação e distanciamento.