Coronavírus

Identificado surto de covid-19 na Misericórdia de Vila Viçosa

Os lares continuam a ser um dos principais focos de preocupação e existem vários surtos ativos por todo o país.

Especial Coronavírus

No concelho de Vila Viçosa, no surto Misericórdia estão infetados 14 idosos e cinco funcionários e está a ser preparado um antigo centro de saúde para ser utilizado, em caso de necessidade.

Já em Beja, o lar Mansão de São José tem, nesta altura, 97 infetados, 83 dos quais utentes. Na Póvoa de Rio de Moinhos, em Castelo Branco, o lar tem um surto ativo com 29 casos, 22 utentes, 5 funcionárias, 1 médica e 1 enfermeira. Entretanto, em Viseu subiu para três o número de mortes do lar de Fragosela. Eram utentes com de 90 anos que estavam internadas no hospital de Viseu e não resistiram ao novo coronavírus associado a outras complicações de saúde.

40% das mortes desde o início da pandemia foram registadas em lares

Desde o início da pandemia da covid-19 em Portugal morreram 860 pessoas que residiam em lares, representando quase 40% do total dos óbitos no país, segundo dados divulgados pela diretora-geral da Saúde.

Do total das 860 vítimas, 349 residiam na região Norte, 333 na região de Lisboa e Vale do Tejo, 152 na região Centro, 20 no Alentejo e seis ao Algarve, precisou Graça Freitas em conferência de imprensa.

Portugal contabiliza esta sexta-feira mais 21 mortos relacionados com a Covid-19 e 2.608 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Os últimos dados divulgados apontam para o maior número de mortes desde fim de abril, assim como para um novo máximo no número de casos diários.