Coronavírus

Covid-19. Portugal regista mais 17 mortes e ultrapassa os 100 mil casos desde o início da pandemia

Rafael Marchante

O último balanço da DGS dá conta de 1.949 novos casos de infeção pelo novo coronavírus.

Especial Coronavírus

A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou no boletim diário desta segunda-feira que há mais 17 mortes e 1.949 novos casos de Covid-19 em Portugal.

O número de mortes subiu de 2.181 para 2.198, mais 17 do que no domingo e o número de infetados subiu de 99.911 para 101.860 em apenas 24 horas. Segundo o relatório das 17 mortes registadas, 12 ocorreram na região Norte e três em Lisboa e Vale do Tejo, e duas no Centro.

Em vigilância, permanecem 55.425 contactos, mais 574 do que no domingo.

Os dados divulgados esta segunda-feira revelam ainda mais 966 casos recuperados, perfazendo 59.966.

Já os casos ativos ascenderam a 39.696, uma subida de 966 em comparação com o dia anterior.

Em internamento estão 1.174 pessoas, mais 88 do que no domingo. Nas unidades de cuidados intensivos estão internados 165 doentes, mais 10 do que no dia anterior.

Dados por regiões

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificados mais 749 novos casos de infeção, contabilizando a região 48.161 casos e 884 mortes.

A região Norte regista esta segunda-feira mais 987 novos casos de covid-19, totalizando 40.436 casos e 971 mortos desde o início da pandemia.

Na região Centro registaram-se mais 133 casos, contabilizando 8.347 infeções e 279 mortos.

No Alentejo foram registados mais 35 novos casos de covid-19, totalizando 2.026, com um total de 27 mortos desde o início da pandemia.

A região do Algarve tem esta segunda-feira notificados mais 32 novos casos de infeção, somando 2.231 casos e 22 mortos.

Na Região Autónoma dos Açores foram registados sete novos casos nas últimas 24 horas, somando 325 infeções detetadas e 15 mortos desde o início da pandemia.

A Madeira registou seis novos casos nas últimas 24 horas, contabilizando 334 infeções, sem óbitos até hoje.

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções.

Os concelhos mais afetados

O boletim desta segunda-feira divulga o número de casos por concelhos, sendo Lisboa o que continua a apresentar mais infeções (8.241), seguido de Sintra (6.763), Loures (3.891) e Amadora (3.470).

O concelho de Vila Nova de Gaia regista 2.888 infeções por SARS-CoV-2, Porto 2.884, Odivelas 2.676, Cascais 2.695, Oeiras 2.131, Vila Franca de Xira 2.007, Matosinhos 1.929, Braga 1.819, Guimarães 1.772, Almada 1.660, Seixal 1.603, Gondomar 1.523, Maia 1.418, Paço de Ferreira 1.303, Valongo 1.160 e Vila Nova de Famalicão 1021 precisa o relatório da situação epidemiológica da covid-19 em Portugal.

Os restantes concelhos que constam da lista do relatório registam valores abaixo dos mil casos.

Mais de 40 milhões de casos no mundo

Já se registam mais de 40 milhões de casos de contágio por coronavírus em todo o globo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde.

América do Norte e do Sul são as zonas mais afectadas, seguidas do Sudeste Asiático e Europa. Por países, Estados Unidos, Brasil e Índia somam mais de metade das infeções a nivel global.

O desafio de "não deixar ninguém para trás" enquanto aumentam as hospitalizações por covid-19

Margarida Tavares, infecciologista e coordenadora da Unidade de Doenças Infecciosas Emergentes do Hospital de São João, considera que o maior desafio, neste momento, é conseguir parar o mínimo possível a atividade programada.

Em entrevista à SIC Notícias, afasta o cenário de rutura, mas admite que se vive uma situação de maior dificuldade que exige repensar a gestão de cada espaço da melhor forma.

ESPECIAL CORONAVÍRUS

LINKS ÚTEIS

MAPA COM OS CASOS A NÍVEL GLOBAL

  • 15,618

    Opinião

    É este o número oficial de árbitros e juízes federados que existem em Portugal, de acordo com a última informação disponível (de 2018).

    Duarte Gomes