Coronavírus

Pneumologista considera que "estamos numa situação muito preocupante"

"O crescimento de casos e sobretudo a velocidade a que eles estão a surgir é assustadora".

Especial Coronavírus

"Estamos numa situação muito preocupante. O crescimento de casos e sobretudo a velocidade a que eles estão a surgir é assustadora, é preocupante (...) porque causa uma sobrecarga nos cuidados de saúde que rapidamente nos pode fazer chegar a uma situação de saturação", começou por salientar a pneumologista Raquel Duarte.

"Quando chegarmos ao estado de saturação, podemos estar impedidos de dar uma resposta aos doentes covid e aos doentes não covid, a qualquer doente".

De acordo com a especialista, é possível atuar em dois níveis:

  1. Prevenir, porque "se apenas pensarmos na resposta do tratamento e na abordagem clínica às pessoas que já estão doentes, perdemos a guerra. A prevenção é cortar as cadeias de transmissão".
  2. Garantir que há resposta em termos de cuidados de saúde para aquelas pessoas que precisam.