Coronavírus

Covid-19 em Portugal: "Recolher obrigatório é algo que temos de começar a pensar muito seriamente"

Fausto Pinto, presidente do Conselho de Escolas Médicas Portuguesas e dinamizador do Movimento Máscaras para Todos, em entrevista à SIC Notícias, saudou ainda a utilização obrigatória de máscara na rua.

Especial Coronavírus

O presidente do Conselho de Escolas Médicas Portuguesas, em entrevista à SIC Notícias, começa por fazer um balanço dos números diários da covid-19 em Portugal.

Fausto Pinto defende que as medidas que estão a ser impostas pelo Governo "vão ao encontro de procurar diminuir as cadeias de transmissão" e servem para não haver "medidas ainda mais restritivas, como um confinamento mais pesado".

Para o médico, agora "não é uma questão de querer ou não querer" porque a situação "não está controlada" e acredita que o "recolher obrigatório é algo que [se tem] de começar a pensar muito seriamente".

O também dinamizador do Movimento Máscaras para Todos saudou de forma efusiva o uso obrigatório de máscara: "Há muito tempo que andamos a pugnar por esta medida".

"A utilização de máscara é possivelmente a medida mais eficaz contra esta pandemia."

Ressalva que não é um tratamento ou uma vacina, mas é o instrumento que existe mais fácil de usar e mais eficaz no cambate à pandemia.

Veja também: