Coronavírus

Chega avança com providência cautelar contra restrições nos Finados

Partido diz que a medida decretada pelo Governo é ilegal.

Especial Coronavírus

As limitações à circulação entre concelhos a partir de sexta-feira e até dia 3 de novembro podem estar em risco. O Chega avançou com uma providência cautelar para travar a medida decretada pelo Governo.

A palavra final é do Tribunal Constitucional.

Governo prepara-se para avançar com novas medidas de controlo da pandemia

Ao que a SIC apurou, a imposição de recolher obrigatório está para já descartada, mas o Executivo quer avançar com os chamados mapas de risco em todo o país. Uma medida que pode determinar a necessidade de confinamentos parciais, sempre que o nível de risco justifique.

A ideia é aplicar um sistema idêntico ao que regulou o acesso às praias durante o verão. Uma espécie de “mapa de risco” que vai dividir o país e determinar medidas adequadas a cada patamar. Ao que a SIC apurou, os níveis de risco serão definidos em função do número de novos infetados com covid-19 dos últimos 14 dias e do número de internamentos em enfermaria e em cuidados intensivos.