Coronavírus

Ministro da Defesa assume custos com pandemia "para cima de 30 milhões de euros"

Faltam ainda 2 meses para o final do ano, mas a derrapagem no orçamento do Ministério da Defesa é já uma certeza.

Especial Coronavírus

O ministro da Defesa assumiu esta segunda-feira que a pandemia de covid-19 significou despesa acrescida "para cima de 30 milhões de euros", na sua audição parlamentar sobre o Orçamento do Estado para 2021 (OE2021).

A questão foi colocada pela deputada social-democrata Ana Miguel dos Santos, que perguntou ainda a Gomes Cravinho que outras missões ficaram comprometidas em virtude do sucedido desde o início do ano.

"Para cima de 30 milhões em compromissos assumidos e inopinados com a pandemia e ainda faltam dois meses até final do ano, mas temos um equilíbrio que nos dá confiança para 2021", afirmou o responsável governamental.

Gomes Cravinho esclareceu que "também houve um conjunto de despesas que não foram executadas, por exemplo exercícios militares que não foram realizados por causa da pandemia".