Coronavírus

Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa com menos internados

Francisco Carvalho

Francisco Carvalho

Editor de Imagem

A pressão é menor devido à transferência de mais utentes infetados.

Especial Coronavírus

O número de internados no Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa voltou a baixar para valores de há quase uma semana. Há agora 183 doentes infetados, mas continua a ter o maior número de internados com covid-19 do país.

A ministra da saúde admite que a situação é muito grave, mas, em entrevista à TSF, garante que está ser resolvida. No entanto, à Secção Regional do Norte Ordem dos Enfermeiros continuam a chegar relatos de problemas.

Esta noite um doente infetado esteve várias horas ventilado na urgência à espera de vaga nos cuidados intensivos. A Administração Regional da Saúde do Norte diz que a capacidade da região ainda não está esgotada.

Das 405 camas de UCI, 195 estão dedicadas à Covid-19. Há nesta altura 176 internados. Em enfermaria, serão mais de mil.

A Ordem dos Médicos faz duras criticas à gestão das vagas no SNS.

Na região centro, a taxa de esforço é diferente. No hospital de Coimbra, das 49 camas de intensivos, apenas 9 estão ocupadas. Em enfermaria estão 47 infetados, a capacidade máxima é 90.

No país, há 2 362 doentes internados com covid 19. E 320 em cuidados intensivos, menos 5 do que no dia anterior.

Veja também:

  • 4:11